terça-feira, 30 de junho de 2009

Outro Airbus no mar, dessa vez um A310

Na noite de ontem, 30/06, um A310-300 da empresa Yemenia, prefixo 7O-ADJ, caiu no Oceano Índico minutos antes do pouso em Moroni, nas Ilhas Comores, com 142 passageiros e 11 tripulantes. O voo IY626 partiu de Sana'a, capital do Iêmen, e desapareceu do radar pouco antes de chegar ao destino. Pescadores encontraram uma sobrevivente de 14 anos e vários corpos. Suspeita-se que o mau tempo possa ter influenciado no acidente, já que ventava forte naquele momento. O avião acidentado operou no Brasil entre 1998 e 1999 nas cores da Passaredo com o prefixo PP-PSE. Segundo informações da Yemenia, ele passou por uma inspeção completa no último mês de maio e foi liberado. Há alguns anos, no entanto, autoridades francesas o proibiram de voar após uma inspeção que constatou diversos problemas, fazendo-o ficar parado em solo francês por um longo período. A própria França já anunciou que participará das investigações do acidente, já que o voo começou em Paris a bordo de um A330, que foi substituído pelo A310 em Sana'a, levando 66 franceses a bordo.

O A310-300 7O-ADJ, que caiu no Oceano Índico ontem.