sábado, 14 de novembro de 2009

Semana de ótimas notícias para Viracopos

  O Aeroporto de Viracopos tem muito a comemorar com as novidades divulgadas durante a última semana. Em primeiro lugar, uma importante informação sobre os investimentos da Infraero. Apesar do revés sofrido com o atraso da construção da nova pista, foi anunciada a liberação de R$350 milhões para obras que melhorarão a capacidade do estacionamento de veículos de Viracopos. Serão criadas mais 2 mil vagas que se destinarão principalmente a quem precisa do estacionamento por períodos superiores a três dias, sendo aplicadas taxas diferenciadas para essas longas permanências.
  Já na área de operações dos aviões, a estatal confirma que o edital para as reformas será publicado em breve, com previsão de começo das obras para abril de 2010. A empresa vencedora da licitação deverá fazer a reforma da pista de taxiamento e da pista principal, a ampliação dos pátios de carga e passageiros, a criação do novo pátio para aviação geral, além da construção de hangares para grandes jatos executivos e para manutenção, e da duplicação do setor de cargas.
   Além das boas notícias sobre infraestrutura, Viracopos também se destacou na semana com relação a sua operacionalidade. A movimentação de carga de outubro apresentou um bom crescimento, superando, pela primeira vez no ano, os valores registrados em 2008. O aumento em relação ao ano passado foi de 4,14% e de 30,2% na comparação com setembro de 2009.
   O aeroporto campineiro pode ainda surpreender com mais uma novidade nas próximas semanas. O prefeito de Campinas viajará para a China com o intuito de conversar com a Air China e o governo de Pequim, para tentar convencê-los da viabilidade da abertura de operações da empresa de bandeira daquele país em Viracopos. A vinda de voos de passageiros mostra-se pouco provável devido à pequena conectividade com outros países sul-americanos. Porém, a operação da divisão de carga da empresa é totalmente viável por conta da ótima conectividade cargueira, tanto com os países vizinhos quanto com Estados Unidos e Europa.
   O único revés registrado na semana foi a falta de fornecimento de energia, ocorrida na sexta-feira, por conta de problemas nas linhas de transmissão de CPFL(Companhia Paulista de Força e Luz). A interrupção atingiu algumas cidades de RMC e fez com que Viracopos ativasse seus geradores por várias horas a partir das 9h30min.