segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Leilão dos aeroportos arrecada mais de R$24 bilhões

   O tão esperado leilão dos aeroportos de Viracopos, Guarulhos e Brasília finalmente aconteceu na manhã dessa segunda feira. Como resultado, R$24,535 bilhões ofertados pelos três aeroportos, totalizando 347% acima do valor mínimo pedido pelo governo.
   Inicialmente foram abertos os envelopes com as propostas iniciais, determinado os consórcios aptos a disputar cada aeroporto. Em seguida deu-se início ao leilão viva-voz, permitindo a disputa direta entre os concorrentes.
   Apesar de toda a expectativa, entretanto, apenas o aeroporto de Brasília destacou-se nos lances. Os lances iniciais de Guarulhos e Viracopos permaneceram até o fim, enquanto Brasília foi disputado durante o leilão.
   Encerrado o leilão, Guarulhos foi levado pelo consórcio formado por Invepar e ACSA (África do Sul) pelo valor de R$16,2 bilhões, 373% acima do mínimo, Viracopos ficou com a Triunfo Participações e Serviços e Egis Avia (França) por R$3,8 bilhões, 159,7% acima do mínimo, e Brasília foi levado por R$4,5 bilhões por Engevix e Corporación América (Argentina), 673% acima do mínimo. Chama atenção o fato de nenhuma das maiores empresas estrangeiras ter levado algum dos aeroportos.
   Após os trâmites burocráticos iniciais, que devem durar por volta de dois meses, os consórcios assumem a administração dos aeroportos em conjunto com a Infraero, permanecendo assim por seis meses para adaptação, quando então assumem definitivamente o controle dos terminais aeroportuários.